Linha de produtos e serviços do Instituto AUÁ encontra tendências do marketing na Feira Brazil Promotion

Consumidores que valorizam trabalhos feitos à mão, a reciclagem de produtos e as marcas que deixam explícito seu propósito no mundo estão entre as tendências das soluções de marketing, apresentadas na Feira Brazil Promotion, que aconteceu entre 1 e 3 de agosto no Transamérica Expo Center.

Brindes promocionais, mídias interativas, serviços para eventos, entre outros, estiveram entre os lançamentos, e o Instituto AUÁ revelou ao público produtos com frutas nativas que promovem experiências únicas para eventos corporativos, além de seu novo “Sabor Nativo – Buffet e Oficinas Gastronômicas”, com pratos inéditos a partir da biodiversidade.

Os Buffets vão além do paladar e mostram o quanto o consumidor já apoia um modelo de alimentos de qualidade, justos e que conservam a natureza por meio da gastronomia. “A sustentabilidade é um caminho sem volta, praticamente todos os estandes da feira já possuem pelo menos uma linha com preocupação ecológica”, declara Thais de Vitto, diretora de novos negócios da Brazil Promotion.

A chef Gláucia Ferreira realizou uma aula-show com base nas nativas e aproximou o público desse universo. Foi criado o Suco refrescante de Cambuci, que desperta os sentidos para o perfume do fruto. Segundo Thais, as aulas ao vivo engajaram e permitiram aos visitantes participar e sentir a experiência com as nativas.

 

“Provei o suco de Cambuci e lembrei da minha infância, quando meu avô servia no sítio em Minas Gerais. Foi uma surpresa reencontrar o fruto em São Paulo e a vontade de provar é maior por ser algo nosso, um produto brasileiro”, expressa Karine Trevisol, participante do evento que assistiu a aula-show.

O estande do Instituto AUÁ expôs aos visitantes o universo de produtos do Empório Mata Atlântica, os brindes corporativos como as mini Geleias de Cambuci Gourmet, as bebidas, doces e antepastos à base de nativas como o Cambuci ou o Araçá, de diferentes produtores familiares do Cinturão Verde de SP.

Comente